sábado, 20 de dezembro de 2008

Nós.

De canto, envolvida por pensamentos que a enlouqueciam, decidiu deixar-se apaixonar. Não mais fugiria, não se enconderia, não deixaria de telefonar. Entregaria desta vez tudo o que sempre trancafiou:amor,alma,coração.

Estava realmente certa de que queria colo,um amor novinho,pieguices e blá blá blás que envolviam todas as conquistas.Queria sim acordar sorrindo,cantarolar sozinha,dias chuvosos abraçadinha no velho sofá.Queria sua propria trilha sonora como nos filmes que incansavelmente assistia enésimas vezes.

Deixaria de ser uma pessoa substituta e seria a melhor namorada,com os melhores beijos,os melhores cafunés e a melhor companhia que seu principezinho pudesse querer.
Seria amiga,confidente,companheira.A melhor amante, a pessoa certa pro destino incerto.

Abriu os olhos, respirou profundamente e gritou alto:Eu quero sim um amor.Eu quero sim deixar de ser *eu*..e passar a ser *nós*.


5 comentários:

Darla disse...

Também quero viver o 'nós'...
Esse nós que não dá pra ser com qualquer um...
Mas ahhhh..tem me faltado fé...

UIFPW08 disse...

Saudações Feliz Natal e um feliz 2009!
que a felicidade esteja com você
Morris

anso rodrigues disse...

Linda...
1 em 2, axo isso legal!
o Eu passar a ser Nós...
POsso musicar em um blues folkado?
Adorei o texto!

.Dazinha. disse...

"Deixaria de ser uma pessoa substituta", Isso me lembrou ' Tudo acontece em Elizabethtowb', Ja assistiu?

Lindo texto, tentamos tanto nos proteger da dor, que perdemos oportunidade de sentir o mais delicioso dos prazeres. Dor é inevitavel, então que seja por felicidade, por amor, por saber amar.
Mas não deixe que o "nós" roube o seu "eu", nunca!

Texto suave,doce!!


Feliz Natal Lindona!
:)

Beijao

André Ferrari disse...

Eu também quero ser um nós, mesmo que às vezes me minta pra alma! E também gostei do que li por aqui. Obrigado pela visita.

Beijos