segunda-feira, 20 de julho de 2009

20.07.2009

E para que servem?
Sustentar um abraço quando seu mundo ruiu?
Te arrancar um sorriso quando as lágrimas te devoram?
Te fazer sonhar.. quando ninguém mais acredita?
É.. para que servem?
Para suportar teu mau humor?
Para acreditar em teus devaneios?
Para dizer.. tô contigo. Sempre.
Para um suspiro derradeiro?
Para a última palavra meio torta.. meio maluca. .meio assim.. sempre assim..
Para um abraço.. que tú julgas desnecessário ( sou forte e fria).
Mas aquele abraço que te devora. .e te consome.. e te deixa torta.. meio boba..
Para tudo aquilo que não confessas,... mas que sentes..
E que agradece.. e que é o que sempre quis.

Para tudo aquilo que sempre pediu. E que agora tens.

Para teu amigo(a).

Para Tudo o que me salva.E me anima.E me comporta.
Para tudo com meu mais doce e puro amor.
Sem explicação. Ou regras. Ou qualquer coisa infinitamente desnecessária.
Para qualquer sentimento que despertaram em mim. Meu único e suave (porém conturbado) Amor.

5 comentários:

lorena-isa disse...

Nossa, vc sempre sabe como trazer à tona meus melhores sentimentos com suas palavras...te amo

juliana disse...

!

mary disse...

Vc disse td.....Amo mto vc!!!!!!!!

benica13 disse...

Simplismente tudo que tudo que "todas" nós sempre quizemos ouvir de vc !! te amo muito e vou sentir sua falta !

lorena-isa disse...

as cadeiras vão continuar vazias...mas o que é nosso ninguem tira!